Projeto de Equoterapia gratuita no Parque da Cidade está selecionando alunos

O início das aulas será após o "lockdown"

02/03/2021 as 03:24
O "Projeto Abrace a Equoterapia" é um projeto social da Federação Hípica de Brasília, com apoio do Governo do Distrito Federal e da Secretaria da Pessoa com Deficiência. Tem o objetivo de oferecer um serviço gratuito para pessoas especiais e carentes, com atendimento qualificado e com cuidado especial com o praticante e sua família. 
 
O atendimento é feito em sessões semanais no Centro Hípico do Parque, e atende crianças e adolescentes entre 03 e 17 anos, que apresentem quadro de deficiência e/ou portadores de necessidades especiais leves, entres elas TEA - Transtorno do Espectro Autista, Paralisia Cerebral, distúrbios de aprendizagem, disfunções sensorio-motoras, etc.
 
Entre os benefícios da Equoterapia estão: 
- a adequação do tônus muscular e força;
- melhora da coordenação motora;
- aumento da concentração e atenção;
- melhora de autoestima e autoconfiança;
- controle da ansiedade;
- aquisição de autonomia;
- estimulo de linguagem;
- favorece a interação social;
O Centro Hípico do Parque oferece um ambiente arborizado para os atendimentos, rampa de acesso para montaria, banheiros adaptados, lanchonete e espaço de acolhimento e espera para o praticante e sua família. Tudo isso no coração de Brasília, no Parque da Cidade Sarah Kubitschek. 
 
De acordo com a ANDE-Brasil (Associação Nacional de Equoterapia), a equoterapia é "um método terapêutico que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoal com deficiência e/ou com necessidades especiais". Os atendimentos da Equoterapia seguem quatro programas básicos, de acordo com a situação de cada praticante: Hipoterapia, Educação/Reeducação, Pré-Esportivo, e Prática Esportiva Paraequestre.
 
As matrículas para o "Projeto Abrace a Equoterapia" estão abertas.
Para saber mais informações entre em contato pelo e-mail centrohipicodoparque@gmail.com ou pelos telefones (61)3322-1167 e 3963-3767